crbsp@crbsp.org.br

ANOS VOCACIONAIS seguir, avançar e arder para caminhar

Ampliar

Com grande expectativa, a Igreja Católica no Brasil celebrará mais uma vez um Ano Vocacional. Tal experiência de cuidado, atenção, oração e ação pelas vocações e ministérios é vivida desde 1983 com a realização do 1º Ano Vocacional, naquela época, motivado pelo apelo dos Papas São Paulo VI e São João Paulo, grande continuador, e depois, claro, com Bento XVI e Francisco.

É do ano 1983 que aprendemos a rezar a bonita oração “Senhor da messe e pastor do rebanho, fazei ressoar em nossos ouvidos teu forte e suave convite: Vem e segue-me!” Este imperativo oracional ainda é hoje é rezado por tantos e tantas Animadores(as) Vocacionais seja da primeira ou última hora que, diligentemente, atuam nas searas do nosso país para semear, regar, cuidar e colher as vocações na vida da Igreja.

Até se atingir a proposta e realização do Ano Vocacional como conhecemos hoje, várias foram as experiências dos dias, meses, semanas e anos vocacionais diocesanos que, por meio de seus trabalhos e testemunhos, pode-se chegar até a instância nacional para a realização desta atividade pastoral via organismos nacionais como a CNBB e a CRB.

Passados vinte anos da realização do 1º Ano Vocacional, foi em 2003 com o tema BATISMO, FONTE DE TODAS AS VOCAÇÕES” e o lema “Avancem para águas mais profundas” (Lc 5,4), que a CNBB promoveu o 2º Ano Vocacional que nos deu, além da experiência de trocas de vivências e experiências, o brilhante CD “Avancem para águas mais profundas” com as belas canções de “Assembleia dos Chamados” e também “Por amor e vocação”.

E eis, que no hoje da história, nos aproximamos do 3º Ano Vocacional com o tema VOCAÇÃO: graça e missão e o lema “Corações ardentes, pés a caminho”. (Lc 24,32-33), celebrado de 20/11/2022 até 26/11/2023 com coordenação e articulação da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada que certamente contará não só com as iniciativas próprias desta temática, mas também com aquilo que as Congregações, Ordens, Institutos Religiosos, Seminários Diocesanos, Novas Comunidades e Pastorais poderão com alegria, anseios e avanços chamar novos e novas discípulos(as)-missionários(as) em resposta ao chamado de Jesus.

Continuemos, pois a seguir com os corações ardentes e os pés a caminho, unidos a Cristo, Senhor da messe e Pastor do rebanho.

ACESSE O SITE DO 3º ANO VOCACIONAL DO BRASIL
http://cnbb.web-ded-138891a.uni5.net/