(11) 3141-2566

crbsp@crbsp.org.br

Notícias › 11/06/2020

Padres infectados, mas que já se recuperam

TRÊS PADRES DE MISSÃO QUE ACOLHE IMIGRANTES ESTÃO COM COVID-19

A Missão Paz, instituição que ajuda imigrantes e refugiados em São Paulo, deve retomar esta semana a distribuição de cestas básicas e kits de higiene. O atendimento foi interrompido na semana passada, após três padres que coordenam a ação serem infectados pelo coronavírus. Dois estão internados e um permanece isolado em casa.

A reportagem é de Leandro Gouveia, publicada por CBN, 08-06-2020.


O padre Paolo Parise, de 53 anos, começou a sentir febre e mal estar no domingo, dia 31 de maio. Na quarta-feira (03), foi diagnosticado com coronavírus e, agora, se recupera, já sem sintomas, em casa.

O colega dele, Antenor Dalla Vecchia, de 66 anos, foi internado na quinta-feira (04) no Hospital Leforte, na Liberdade, também com covid-19, e permanece em estado estável.

Irmani Borsatto, de 50 anos, também foi contaminado e nesta segunda-feira (08) voltou ao hospital com dificuldades pra respirar.

Os três fazem parte da Missão Paz, instituição filantrópica, que ajuda imigrantes e refugiados na igreja Nossa Senhora da Paz, no Centro de São Paulo.

Por causa da pandemia, as missas, em espanhol, italiano, português e francês, estavam sendo realizadas desde março pela internet, mas tiveram que ser interrompidas depois da contaminação dos religiosos.

O padre Paolo Parise já se sente bem, mas antes de retornar vai ter que esperar até o dia 17 de junho, quando o teste positivo completa duas semanas.

Ele conta que o atendimento na Casa do Migrante continua. Não houve nenhum caso da doença entre os 64 acolhidos:

“Graças a Deus não tem nenhum sintoma, nada, até porque quando a gente ia à casa sempre lavávamos as mãos, passávamos álcool, colocávamos máscara, então tentamos não nos descuidarmos disso”.

A entrega das cestas básicas e kits de higiene, feita pelos padres, foi interrompida na semana passada, mas será retomada nesta terça com a ajuda de voluntários.

O padre Paolo Parise disse que a pandemia fez imigrantes que nunca tinham procurado a missão aparecerem em busca de ajuda:

“Nunca tínhamos tido contato com tailandeses, e já vieram nove da Tailândia pedir socorro, comida. Tem essas pessoas de países que não estamos acostumados a lidar que estão vindo”.

Missão Paz tem entregado até 50 cestas básicas e kits de higiene por dia. Desde 26 de março foram mais 1.800.

Doações podem ser levadas até a igreja Nossa Senhora da Paz, que fica na Rua Glicério, no Centro de São Paulo, mas é recomendável ligar antes, avisando.

Os produtos mais necessários são fralda, leite em pó e itens de higiene, como sabonete e pasta de dente.

FONTE: IHU Unisinos
FOTO: Heloisa Ballarini

Deixe o seu comentário




* campos obrigatórios.

X