Proclamando aberta, e estabelecendo assim a vigência da 52º Assembleia Ordinária da CRB-Regional São Paulo, cumpro a agradável função de dar boas vindas a todas e todos os participantes, em especial ao Caro Irmão Joaquim Sperandio, fms, conhecido de muitos, representante da CRB Nacional, recentemente reeleito e ainda valorizar aos que se empenharam em favor deste evento. Não pretendo elencar muitos nomes, senão os da Consultora Taffer, a Paulus, a Axis, a Gênesis que nos beneficiaram com imprescindível auxílio, facilitando em muito a confecção do material, ora em vossas mãos. Nossa imensa admiração e gratidão.
Gostaria de partilhar agradecimentos também aos que permitiram um exitoso encontro com coordenadores e coordenadoras de núcleos, assim como todas as iniciativas positivas realizadas nas distintas Dioceses, para a celebração desse ano especial da misericórdia, como ocorrido aqui na Arquidiocese de São Paulo, com cerca de quase 600 participantes, contando sempre com o generoso apoio dos Bispos, aqui em especial de D. Júlio, de Coordenadores (as) de Pastoral e das religiosas e religiosos em suas respectivas comunidades, nos distintos carismas, formas de vivências particulares nas expressões da VRC, mas um só objetivo: Tornar visível o Reino de Deus em uma sociedade conturbada, competitiva e colonial.
Parabenizo a todas e todos os participantes dessa AGO, a presença de cada uma e cada um engrandece, afirma, direciona e enriquece nosso trabalho quotidiano na sede Regional, vocês representam e de fato o são: a verdadeira alma de nossa vida consagrada no Regional, enquanto a estrutura que temos e procuramos manter com cuidadosa alegria é o corpo valorizado por muitos anos de bons serviços prestados, em favor de todos, e apesar das fragilidades, continua progressiva e paulatinamente sua missão, seu serviço.
Recordo que estamos em meio do caminho desse especial ano Jubilar no qual valorizamos a CRB/SP em seus 50 anos de existência, muitas iniciativas e formas de celebração já efetivamos para brindar essa data que representa a vitória de muitíssimos consagrados e consagradas, que antes de nós organizaram, por acreditar esse projeto de revitalização, encontro, unidade participativa e, sobretudo de formação contínua que as CRBs regionais devem representar. A tarefa que é de todas e todos tem sido cumprida com fidelidade e alegria.
Nesse dia especial vamos partilhar brevemente os resultados do Congresso da Vida Consagrada promovido pela CLAR que orienta a um programa definido seguindo os passos de Maria, com o Lema “Saiamos depressa ao Encontro da Vida”, procurando contemplar no ícone do fértil encontro entre mulheres protagonistas da história: Maria e Isabel, bem como o de Jesus e João Batista, os desafios e compromissos que auxiliem na construção desse momento de muitas encruzilhadas. Certamente as convicções do presente e as projeções de futuro, poderão influenciar positivamente as experiências de distintos grupos, congregados em toda  A.L.
Para o Brasil, nossa 24ª Assembleia Geral Eletiva representou outro momento de animação e encorajamento, Brasília, incrivelmente seca na terra, no ar e no clima, sediou mais um produtivo e comprometedor encontro, sob o tema Vida Religiosa em Processo de transformação e o lema aqui cantado; “Vejam que estou fazendo uma coisa nova” retirado do texto do profeta Isaías, 43,19, que será em última instância nosso principal tema formativo aqui, e ainda o mote principal para revermos e atualizarmos nossas prioridades para o triênio, que segue em processo de definição e aprovação segundo essa assembleia geral.
O tempo presente, para esse nosso regional, segue vigorosamente desafiador, exigindo agilidade que vise o cumprimento das tarefas, atividades e funções para as quais esse representativo e importante organismo de comunhão foi gerado, nesse momento a nós confiado pela Providência de Deus.  Para, além disso podemos crer firmemente na possibilidade de atuarmos de maneira oposta ao Evangelho de hoje, que abrilhanta a feliz e milenar Memória do religioso abade São Bernardo de Claraval, rejeitando em nossos dias  comportamentos denunciados por Jesus, que serviam para acovardar o povo, continuando na emissão de outros, valiosamente imitáveis, a fim de que o Reino seja contemplado em nossas vidas.  Voltarei em outros momentos durante esse dia para novas colocações, por enquanto Bem vindas (os) e que o Espírito de Deus nos conduza!

Pe. Rubens Pedro Cabral, omi

Coordenador da CRB-SP